Dénia.com
Pesquisar um artigo

Compromís é contra o fato de a linha circular de ônibus urbanos ser apenas para temporada de turismo e evitar o centro

Novembro 24 da 2020 - 13: 47

compromis per Dénia tornou públicas as suas propostas para o projecto de transporte urbano. Propostas que foram registradas como alegações no atual processo de exposição pública, uma vez que essas propostas, asseguram, não foram levadas em consideração no processo anterior.

As sugestões iniciais visaram aprimorar questões técnicas que afetam os recursos humanos, a freqüência das filas, o custo e a forma mecânica de prestação do serviço. “Se não for modificado, pode haver dificuldade na concessão do serviço”, disse Rafa Carrió, porta-voz do grupo municipal.

Mas, como explicou Agustí Espí, secretário local da Compromís, a principal proposta que se fez desde o início é que o ônibus da linha circular da zona urbana esteja disponível o ano todo e não só na alta temporada como a equipe da governo. “O povo de Dénia não se habituará a um serviço que só está disponível no verão. Propomos que seja uma linha para todos negadores e denieres e não apenas para turistas e segundas residências. Não achamos sentido pagar um ônibus cheio para circular apenas 3 meses por ano ".

Compromís também quis propor modificações no traçado circular, que não inclui o centro urbano “Temos que oferecer uma alternativa de qualidade aos automóveis, e não faz sentido que não passe por locais como o Mercado ou o Posto de Saúde se a pedonalidade do centro está a ser favorecida”, Carrió apontou.

Portanto, a seguinte proposta é modificar a rota e mudar a parada principal, tornando-a no Hotel Costa Blanca "E então eu faria uma primeira rodada pelo centro de Dénia". Eu continuaria em direção ao círculo do Haiti, a Esplanade Cervantes e a Calle el Mar para descer a Calle Carlos Sentí, "Onde você poderia ir ao mercado para comprar, Calle Marques de Campo e o resto do centro, favorecendo o comércio local do centro ". Depois, descia até o supermercado Patricio Ferrándiz e continuava em direção à Avenida Marquesado, próximo ao Centro de Saúde. Por fim, voltaria por Pintor Llorens até a saída e continuaria com a rota proposta pela equipe do governo.

Da mesma forma, indicam nas denúncias que se retiram as paradas muito próximas à rota circular, uma na área Miguel Hernández, e uma na rua Patricio Ferrándiz com Diana; e que o custo da passagem inclui várias viagens durante uma série de horas.

“Apostamos firmemente no transporte público para alcançar uma Dénia sustentável, amigável e amiga das pessoas, mas tem que ser um serviço durante todo o ano e que passe pelo centro de Dénia, cumprindo todas as questões técnicas para que se torne uma realidade e não ficar sozinho em um testamento, como tem acontecido nos últimos tempos ". Por esse motivo, ele também quis fazer um apelo ao público para que participe agora do período de exposição contribuindo com suas propostas.

Deixe um comentário

    36.510
    4.263
    10.761
    2.100
    Utilizamos cookies próprios e de terceiros para oferecer publicidade personalizada e coletar dados estatísticos. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita nossos política de biscoitos.