Dénia.com
Pesquisar um artigo

Vizinhos da costa de Dénia afirmam que haverá mais de 3.500 casas afetadas pela Lei Costeira, e não 12

23 Outubro 2023 - 12: 00

A Associação dos Atingidos pela Lei Costeira no praias de Dénia emitiu um comunicado no qual fornece informações atualizadas sobre o número de propriedades afetadas pela demarcação da costa na região. Com o comunicado pretendem esclarecer a real situação e contestar os números anteriormente divulgados por alguns meios de comunicação locais, que sugeriam que apenas uma dezena de habitações foram afetadas.

De acordo com o comunicado da associação, com base em dados recolhidos de mais de 600 pessoas afetadas que representam, estima-se que um total de 3.617 propriedades sejam afetadas pela demarcação em Dénia. Mais de cem, 103, serão afetados pelo Domínio Público, 135 pela Servidão de Trânsito e 3.379 pela Servidão de Proteção.

A associação alerta que caso a actual proposta de demarcação seja aprovada, 3.379 proprietários ficarão “fora do planeamento” e, consequentemente, deverão desaparecer quando se esgotarem as possibilidades razoáveis ​​de vida útil dos seus imóveis.

A Associação de Pessoas Afetadas pela Lei Costeira de Dénia procura dar visibilidade à situação que enfrentam e às dificuldades que a demarcação das costas de Dénia representa para os proprietários das propriedades afetadas. O número atualizado de propriedades afetadas fornecido no comunicado é significativamente maior do que o relatado anteriormente em alguns meios de comunicação locais.

3 Comentários
  1. Ximo Alcubís diz:

    Os socialistas, gangsters ecoogeta e progrepijo rojerio sabem roubar mais e amargar a vida de milhares de proprietários que há 60 anos compraram um apartamento com as suas poupanças e esforço e agora querem roubá-lo.

    • Pau diz:

      A Lei Costeira é a norma que define e regula o domínio público marítimo-terrestre (DPMT) Lei 2/2013, de 29 de maio, sobre a proteção e utilização sustentável do litoral e sobre a alteração da Lei 22/1988, sobre as Costas.
      Em 2013, governou o Partido Popular, do presidente Mariano Rajoy.
      De nada.

      • Dan diz:

        O problema não vem de 2013... descubra antes de escrever!!! A Lei foi aprovada em 1988, já com os socialistas no governo “Lei 22/1988, de 28 de Julho, das Costas”. Basicamente em 2013, as concessões foram ampliadas para adiar o grande problema gerado pela lei de 88. Como diz Ximo, muitos espanhóis compraram casas completamente legais com o seu esforço e alguns anos depois o governo chegou a dizer que são deles. ... mas eles permitem que você os use por vários anos. Originalmente, pretendia-se que, uma vez terminada a concessão, o proprietário pagasse pela demolição. Um verdadeiro ROUBO... uma verdadeira vergonha pela qual há muitas pessoas que passaram por momentos muito difíceis.


37.861
4.463
12.913
2.680