Dénia.com
Pesquisar um artigo

«Sobre a posição e oposição à demarcação»

Novembro 10 da 2023 - 14: 28

OPINIÃO Rafa Carrió, vice-prefeito e porta-voz do compromis

Em relação às manifestações políticas de alguns durante a última semana relativamente ao problema da delimitação de Custos, manifestei a minha opinião sobre o assunto.

É normal (e entendo perfeitamente) que grupos municipais locais se envolvam na oposição ao Governo do Estado em decisões que os afetam negativamente a nível local. Mas a partir daí começam a manipular socialmente e a atacar os grupos do governo local de forma demágica e injusta.

São várias as declarações públicas, privadas, políticas e pessoais que surgiram nas últimas semanas em que a Câmara Municipal é responsável pela questão dos custos. Mais especificamente, Ahir Mateixa, prefeito de Gent de Dénia, Mario vidal, ataca-nos numa comunicação que considera inadmissível, por isso voltamos a explicar esta questão.

Do nosso grupo político trabalhamos desde o início a favor dos interesses dos afetados e afetados. Reunimo-nos no início de 2022 com a Associação dos Afectados de Platges Nord e eles sabem que tiveram toda a nossa recuperação desde o início. Vamos organizar reuniões com deputados do Congresso, como Joan Baldoví, que levará a questão das questões parlamentares ao Congresso; ou com Àgueda Micó, mais recentemente.

Com os restantes grupos políticos, assinaremos por unanimidade 3 moções municipais nas quais exigimos ao Estado a paralisação da delimitação, a alteração da Lei dos Custos e a execução dos projectos de regeneração. Mais recentemente, na última moção, contribuiremos com todo o estudo de consolidação e com as contribuições dos moradores afetados. Tot això acrescenta assistência política e pessoal a reuniões semanais, manifestações e outras gestões.

A associação dos atingidos tem trabalhado desde o início mobilizando a sociedade e unindo forças políticas para que chova mais. Por isso, é patético que alguns grupos políticos tentem manipular os cidadãos porque acreditam que são eles que dão a cara às pessoas afetadas e afetadas. Finalmente, algumas pessoas seguram a faixa na linha da frente na manifestação da semana passada, pois faz parte de uma manifestação cidadã.

Neste sentido, deixarei claro, e direi ao senhor Vidal, que concordamos com ele em algumas questões, como que o ato de Fitació convocado pelo Ministeri em l'Androna será um “vergonhoso paripé ”, e que considera o tratamento dos Custos com desrespeito e muitas faltas de empatia. Não sabemos por que talvez não esteja presente, mas algumas das empresas afetadas estarão lá.

Portanto, não posso tolerar outras declarações do vereador que considero lamentáveis ​​e manipuladoras. Em primeiro lugar, ele critica que o PSOE Comprometo-me a estar em segundo lugar na manifestação do passat dissabte. Senhor Vidal, estar na primeira fila não teria permitido ao Estado paralisar este processo, mas sim teria mostrado que procuramos um protagonismo que não queremos, como agrada a alguns “políticos experientes”.

Segundo o comunicado, nenhum membro da equipa governamental estará presente na cerimónia de instalação em Androna, que está prevista para os próximos vinte anos. No que nos diz respeito, pedimos desculpa pela nossa ausência, mas são, precisamente, os vinte e vinte proprietários que são oficialmente convocados pelos Ministeri, e não as organizações políticas. Tenho o desejo de saber, em Eixa encontrei-me com o representante da autoridade local para publicar a ata, como você afirma.

Quanto ao Partido Popular, que procura capitalizar a agitação geral e distorcer as nossas parábolas, podemos consultar os arquivos e rever as inomináveis ​​demonstrações de apoio e recuperação que empenhamos nos afectados e afectados, juntamente com as acções que Eles estiveram em nossas vidas.

Reiteramos o nosso apoio, e reiteramos os parágrafos da comunicação que são partilhados conjuntamente pela equipa governamental: estamos alinhados com a associação que está desde o início a trabalhar para aturar uma delimitação injusta e arbitrária. Achei que a chuva será mais chuvosa se deixarmos de lado as cores, os protagonismos e os egos; Se alguma de suas decisões for avaliar os culpados, você está errado quanto ao seu benefício eleitoral. Esta chuvinha continuou a ser partilhada, do povo, para o povo.

3 Comentários
  1. Alba diz:

    Eu não sabia que os fantoches falam.

  2. Elle diz:

    Leia isto Sr. Carrió
    Isso é agir a favor do cidadão.
    Criticar as ações e opiniões dos outros, quando demonstra dia após dia a sua submissão às decisões do PSPV que só vão contra o povo aumentando impostos, aumentando água, aumentando os salários, dando ajudas insignificantes à habitação e à educação, apoiando projetos milionários que beneficiam apenas alguns, gastando o dinheiro dos impostos de todos e se exibindo (D*na, Vuelta Ciclista, Humanidades, fóruns gastronômicos)…. Não é assim que Carrió é governado.

    Sua escrita é muito bonita, mas, como sempre, vazia e apenas para justificar sua incompetência diante de um povo que pede ajuda.

    O Consell tramita uma “Lei Costeira Valenciana” para “desenvolver todos os poderes” – Levante-EMV

    https://www.levante-emv.com/comunitat-valenciana/2023/11/10/consell-tramita-ley-costas-valenciana-94448022.html

  3. Progresso diz:

    Tudo resolvido, viva o progresso.


37.861
4.463
12.913
2.680