Dénia.com
Pesquisar um artigo

O MACMA cria dois grandes guias para promover a atividade cultural local na região

30 Outubro 2020 - 12: 04

O MACMA –Mancomunidad Cultural de la Marina Alta– concluiu esta semana a gestão e compilação dos guias de infraestrutura e recursos culturais: dois projetos nos quais a entidade tem trabalhado nos últimos dois anos para fortalecer um documento fundamental sobre o estruturação e divulgação do patrimônio cultural da região. São guias que unem a espessura dos recursos culturais e as infraestruturas municipais da região: sem dúvida, as bases que definem e constroem o perfil da gestão cultural da Marina Alta.

Em primeiro lugar, o guia de recursos culturais reúne profissionais da cultura dos municípios da região que atuam na região. Nesse sentido, o documento reúne artistas de diversas áreas musicais, dramáticas ou da dança, entre outras. Grupos de música, grupos de teatro, solistas, bandas, assim como o resto dos profissionais da Cultura que figuram na agenda da Secretaria de Cultura da Marina Alta completam um diretório de grande valor tanto para a revitalização de empresas culturais como facilitar o acesso às informações dos técnicos e técnicos da área. Por outro lado, o guia de infraestruturas inclui todos os recursos municipais onde se desenvolve a atividade cultural: desde auditórios a casas de cultura, passando por museus, salas de exposição ou bibliotecas: espaços públicos que são o eixo da gestão cultural nos 33 municípios da Marina Alta.

Ambos os guias estão publicados no site da Mancomunidad www.macma.org e completam o projeto de difusão dos valores culturais regionais que começou com o 20º aniversário da Mancomunidad. Um projeto que se baseou no consenso e na participação dos ativos envolvidos e que consolida o backbone e âmbito dinamizador do MACMA.

Este projeto chegará ao fim com a Conferência Municipal “Gestão Cultural em tempos de pandemia”, em que diversas mesas-redondas permitirão aos participantes participar de reflexões e análises conjuntas da realidade regional. Além disso, os participantes terão acesso ao material de projetos culturais que os diferentes grupos culturais e profissionais irão facilitar, incentivando assim o papel fundamental e estrutural de consumir a cultura local, do Km 0 e sobretudo de qualidade. Todo este projeto foi possível graças à obtenção de apoios específicos para a promoção da participação cidadã e do associativismo do Departamento de Participação, Transparência, Cooperação e Qualidade Democrática.

Links para guias já publicados

  • Guia de recursos regionais
  • Guia de infraestrutura regional
Deixe um comentário

    36.634
    4.281
    11.045
    2.120