Dénia.com
Pesquisar um artigo

Gent de Dénia requer mais informações sobre os projetos da Câmara Municipal e que a participação do cidadão está disponível

Agosto 09 da 2019 - 13: 10

Gent de Dénia mostrou este meio-dia sua insatisfação com o procedimento do governo ao aprovar projetos que afetam a cidade. Como afirma seu porta-voz, Mario Vidal, vários contratos e investimentos estão sendo feitos em questões que afetam os cidadãos sem qualquer notificação ou oportunidade de participar dos processos.

Vidal fez referência explícita ao projeto de regeneração de praia publicado em alguns meios de comunicação, mas que, segundo o porta-voz da formação Dianense, eles não foram consultados ou uma campanha foi realizada para informar os cidadãos, então como para torná-los participantes, conforme necessário, com relatórios de paisagem. Além disso, enfatiza o orçamento de um projeto de tal magnitude, no qual aproximadamente 30 milhões de euros serão investidos, o que seria 60% do orçamento da Câmara Municipal.

No entanto, Gent de Dénia expressou sua alegria em avançar o projeto de regeneração de praia que permitirá a recuperação da duna, mas lamentando a falta de publicidade. "Não vale dizer que são projetos do Ministério, porque temos o direito dos cidadãos de descobrir e participar", declara Vidal. Além disso, eles estão preocupados com a extração de lodo que poderia afetar os portos de Altea, Benidorm e Valência, onde planeja depositá-los.

O investimento desnecessário na folha de coleta de lixo

Assim como aconteceu com o projeto de regeneração da praia, Gent de Dénia também quis mostrar seu desacordo com o prêmio do estudo para a licitação da coleta de lixo. Segundo Mario Vidal, os 14.900 € vão ser desnecessariamente destinados a uma empresa para cumprir as especificações, quando devem ser os próprios vizinhos, bairros e associações que têm a palavra para determinar os pontos onde colocar os contentores.

"Não gostamos de gastar dinheiro público em algo que associações e vizinhos podem fazer", foram as palavras exatas de Vidal com as quais ele exigiu uma "participação pública real" para conseguir o melhor serviço de lixo para a cidade.

Deixe um comentário

    35.302
    4.086
    8.554
    1.940
    Utilizamos cookies próprios e de terceiros para oferecer publicidade personalizada e coletar dados estatísticos. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita nossos política de biscoitos.