Dénia.com
Pesquisar um artigo

Dez anos trocando idiomas em Dénia

04 Dezembro 2019 - 14: 38

O programa de intercâmbios linguísticos "Relacionar e aprender", organizado pelo Departamento de Relações Internacionais com a colaboração da Escola Oficial de Idiomas (EOI) de Dénia e associações de residentes estrangeiros, como o U3A (Universidade da Terceira Idade) e o Euroclub , faz anos 10.

Sexta-feira passada, uma centena de pessoas se reuniram para comemorar este aniversário nas instalações da EOI de Dénia. O conselheiro de Relações Internacionais, Raúl Garcia de la Reina, participou do evento; o coordenador do programa e técnico da Câmara Municipal de Dénia, Enric Gil; Maria Galbis, diretora da EOI; Neil Weatherall, chefe de trocas na U3A e mestre de questionários; Sylvanna Escanapiego, secretária da U3A; e vice-presidente da Euroclub, Aloys Kolbeck, além da equipe do corpo docente que participa do projeto.

O Conselheiro para Relações Internacionais expressou apoio ao programa e agradeceu a colaboração de todos aqueles que tornaram possível o sucesso da iniciativa. Enric Gil e Neil Weatherall revisaram as atividades realizadas durante esses anos 10, destacando que as pessoas 1.600 se registraram no programa e as pessoas 3.300 participaram de uma das atividades mais bem-sucedidas, o pub quiz, que desde maio O 2011 foi realizado vezes o 38, com uma participação média de pessoas do 90 por sessão. Precisamente, após o ato institucional, um questionário foi realizado com a participação de todos os participantes.

As intervenções também destacaram a importância desse programa de intercâmbio como ferramenta para facilitar a integração cultural e social do grupo de residentes estrangeiros.

O funcionamento do programa é muito simples: existe um banco de dados criado a partir das formas de participação das pessoas interessadas, a partir das quais o coordenador do programa procura pessoas adequadas e as coloca em contato. Através de reuniões de conversação, eles trocam seus respectivos idiomas de origem. Os participantes decidem o local, horário e frequência das reuniões.

Desde que o projeto foi apresentado oficialmente em novembro de 2009, além das reuniões de conversação, outras atividades foram desenvolvidas, como visitas guiadas ao centro histórico e ao castelo de Dénia, conversas rápidas (dinâmica de grupo com entrevistadores e entrevistados focados na prática do idioma), passeios de bicicleta ao parque natural de Marjal de Pego-Oliva, passeios de barco a Xàbia e retorno por trilha, uma noite de flamenco e apresentações de teatro em inglês e alemão.

O programa de intercâmbio é aberto a todos os idiomas, com o idioma estrangeiro mais solicitado sendo o inglês, seguido por alemão e francês.

2 Comentários
  1. Processar diz:

    Se for verdade a língua mandarim primeiro, o espanhol ocupa o segundo lugar. O que é uma linguagem muito agradável.

  2. Masmelasuda diz:

    Na prefeitura de Denia marginalize quem fala em espanhol. A segunda língua mais falada como a língua materna do mundo depois do chinês mandarim.
    Pare de paparruchas ... Você é paletooooooooooosssssss.


34.276
3.930
7.025
1.640
Utilizamos cookies próprios e de terceiros para oferecer publicidade personalizada e coletar dados estatísticos. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita nossos política de biscoitos.