Dénia.com
Pesquisar um artigo

Dénia mostra seu potencial gastronômico-turístico no Brasil com a inauguração das Cidades Criativas da UNESCO

26 Julho 2022 - 13: 18

Dénia foi uma das três cidades ao redor do mundo que participou da sessão inaugural da XIV Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, realizada em Santos (Brasil). Em nome do prefeito, o Conselheiro de Relações Internacionais, Raúl García de la Reina, apresentou a experiência de Dénia dentro da Rede UNESCO para delegações de quase 300 cidades nos cinco continentes e como sua presença influenciou a ação e os projetos locais.

Santos, Cidade Criativa do Cinema, recebeu as Cidades Criativas da UNESCO com a imagem do lendário jogador de futebol Pelé, que jogou nas fileiras da seleção local, atividades culturais pela cidade e o ritmo do samba.

A Secretaria da Rede convidou expressamente Dénia a falar sobre a contribuição recíproca entre as cidades e a UNESCO na sessão oficial de abertura da conferência, convocada este ano com o tema "Criatividade, Caminho para a Igualdade".

Raúl García de la Reina destacou em seu discurso que a Rede de Cidades Criativas tem sido um instrumento essencial para reforçar o potencial gastronômico-turístico da cidade, aumentar os projetos públicos e privados no campo agroalimentar e promover a educação e a formação gastronômica . A concluir, referiu que “com o programa e os valores das Cidades Criativas, estão criadas as condições ideais para promover projetos alinhados com os ODS”.

A delegação de Dénia participou do Fórum de Prefeitos, foi recebida pelo prefeito de Santos, Rogério Santos, e estabeleceu contatos com as representações de inúmeras cidades criativas de diferentes áreas, além de participar de reuniões de trabalho, oficinas e um fórum convocado pela organização . A conferência foi encerrada na sexta-feira passada pelo Diretor de Cultura da UNESCO, Ernesto Ottone, que destacou o papel das cidades como agentes de transformação: “Confiamos no poder das cidades para enfrentar as grandes mudanças globais”.

Trigo, farinha e bolos da Marinha

Dénia também teve uma presença destacada na sessão "Pães das Cidades Criativas" (Pans de las Ciudades Creatives), convocada pela Fundação ITKI que, em colaboração com diferentes cidades da rede da UNESCO, trabalha para coletar tradições culturais e a transferência de conhecimento entre gerações.
Floren Terrades, diretor do Escritório de Inovação e Criatividade, apresentou a experiência de recuperação do trigo da Associação Riurau de Jesús Pobre (projeto Blat de la Marina), a fabricação de farinha artesanal pela La Farinera e a tradição de um pão massa tão popular quanto os bolos da Marina.

Todas essas informações foram incorporadas aos registros documentais da fundação, que são disponibilizados ao público em suas redes e publicados anualmente. Na assembleia de 2018, em Cracóvia (Polônia), Dénia já havia contribuído com a "Mona da Páscoa" e o conhecimento da padeira Raquel López.

O impacto das Cidades da Gastronomia

O programa da conferência incluiu a habitual reunião setorial das cidades. Dénia se reuniu com o restante das delegações das Cidades de Gastronomia da Rede Unesco. O relatório apresentado destaca que o campo da gastronomia experimentou um aumento significativo desde 2015, precisamente no ano em que a entrada de Dénia foi aceita, passando dos 20 que existiam na época para os 49 atualmente, onze dos quais estão localizados na continente europeu.

O balanço indica que entre 2021 e 2022, apesar da pandemia, as Cidades Criativas da Gastronomia lançaram 317 iniciativas, das quais mais de metade correspondem a projetos de desenvolvimento económico e uma percentagem elevada, 41%, a ações que visam o reforço da identidade cultural de os territórios.
No exame realizado nas cidades houve uma seção exclusivamente dedicada às ações orientadas ou marcadas pela Agenda 2030 promovida pela comunidade internacional e o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O conjunto de cidades da Gastronomia conta com 195 iniciativas nesse sentido, entre as quais têm um peso importante aquelas que, como Denia, promovem projetos de produção e consumo responsáveis ​​e a recuperação do território.

No contexto da reunião, a delegação de Dénia teve a oportunidade de saudar e estabelecer contatos próximos e diretos com as cidades recentemente incorporadas à Rede.

Cidades preparadas para o futuro

Na declaração final da Conferência de Santos, as Cidades Criativas reforçaram seu compromisso de cumprir os mandatos e princípios da UNESCO e, em particular, no que diz respeito à promoção da cooperação e solidariedade internacional para o alcance da Agenda 2030 das Nações Unidas e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

O documento defende uma integração mais significativa e perspicaz da cultura e criatividade nas políticas e planos de recuperação pós-COVID-19, por meio de uma maior troca de experiências, conhecimentos e boas práticas.

As conclusões das Cidades Criativas serão um dos documentos da Conferência Mundial sobre Políticas Culturais e Desenvolvimento Sustentável (MONDICULT 2022) organizada pela UNESCO e que reunirá Chefes de Estado e de Governo na Cidade do México em setembro próximo.

A próxima conferência da Rede de Cidades Criativas da UNESCO terá lugar em 2023 em Istambul (Turquia) e terá como tema “Cidades à prova de futuro”.

1 Comentário
  1. Luis diz:

    Brasil e México, dois países com enormes lacunas sociais que geram pobreza, crime, fome, violência e insegurança, a pior coisa que pode acontecer a uma sociedade. A coisa da UNESCO teria que ser investigada.


37.861
4.441
12.913
2.400