Dénia.com
Pesquisar um artigo

Compromís, Ciudadanos e Gent de Dénia aderem ao pedido de Iaioflautes de la Marina Alta para instar o governo a realizar uma auditoria das contas da Segurança Social

Fevereiro 18 da 2021 - 12: 06

Na semana passada, a Plataforma de Reformados (Iaioflautes de la Marina Alta) pediu aos grupos municipais da Câmara Municipal de Dénia para aderir ao pedido do COESPE (Coordenador Estadual de Defesa das Pensões Públicas), que se propõe a instar o governo da Espanha a realizar uma auditoria às contas da Segurança Social para quantificar o montante total das chamadas despesas indevidas a cargo das contribuições sociais, e com o fim de que “O cidadão tem uma imagem fiável da situação do S / S a partir do conhecimento preciso do papel decisivo que desempenhou na construção do Estado Social”diz o movimento.

A plataforma afirmou em sua carta que, recentemente, no Congresso dos Deputados, em sua Comissão de Acompanhamento e Avaliação dos Acordos do Pacto de Toledo, foi aprovado um relatório no qual foi recolhido que “A Comissão confirma também que as contribuições sociais continuam a cobrir despesas não contributivas que, a rigor, deveriam ser assumidas pelo Estado através de contribuições para o orçamento da Segurança Social”.. Portanto, do COESPE eles defendem que as contribuições dos trabalhadores têm sido usadas para outros fins que não o pagamento de pensões contributivas, e que o sistema de repartição, a base de nosso Sistema de Previdência Pública, foi e é autossuficiente para cobrir as pensões. Por tudo isso, solicitam que seja elaborado um estudo que reflita em que medida as contribuições sociais assumiram o ônus de financiar outras políticas do Estado durante anos.

Mesmo assim, é explicado no movimento que “O Ministério da Inclusão, Segurança Social e Migração reconheceu o montante de despesas indevidas a cargo do S / S em 22.300 milhões de euros por ano em 2020, e que o Tribunal de Contas quantifica também em relatório 103.690 milhões de euros de recursos da Segurança Social usado indevidamente no período anterior a 2018 "Para tanto, o COESPE iniciou uma campanha para arrecadar assinaturas, além de promover a moção, que será debatida na Comissão de Finanças Ordinárias nesta sexta-feira.

Seguindo então as recomendações da Comissão de Acompanhamento e Avaliação dos Acordos do Pacto de Toledo, e manifestando seu apoio ao pedido da Plataforma de Reformados (Iaioflautes de la Marina Alta), os grupos municipais compromis, Cidadãos e Gent de Dénia na Câmara Municipal quiseram mostrar o seu apoio ao pedido de realização de uma auditoria às contas, bem como apelar a que, uma vez estabelecido o montante, seja permitida uma compensação adequada na Caixa Única de la S / S.

1 Comentário
  1. pimenta diz:

    É bom que denunciem a situação e, aliás, se perguntem para onde vão exatamente os subsídios para festas e outras folguedos. O dinheiro vaza de muitos buracos.


37.861
4.437
12.913
2.440